Loading...

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Nova espécie de pássaro é descoberta e já está ameaçada de extinção
Do UOL, em São Paulo
24/09/201406h00
·         Ciro Albano/NE Brasil Birding
Macuquinho-preto-baiano tem 12 cm e 15 g; há apenas 3.000 exemplares na natureza
Cientistas reconheceram oficialmente no último mês uma nova espécie de ave descoberta na faixa da Mata Atlântica no litoral da Bahia. O macuquinho-preto-baiano (Scytalopus gonzagai), mede 12 centímetros e pesa cerca de 15 gramas. Mal foi descoberto, porém, os pesquisadores anunciaram que ele já está ameaçado de extinção.
Segundo pesquisadores, a estimativa é de que haja menos de 3.000 espécimes nessa porção da Mata Atlântica -- número considerado baixo para aves --, por isso o macuquinho-preto-baiano já entrou na lista de animais em risco de extinção.
A descoberta foi reconhecida em agosto, sendo publicada na revista The Auk, periódico científico da American Ornithologists' Union (União dos Ornitólogos Americanos), voltado para estudos e pesquisas de aves.
O passarinho passou muito tempo despercebido pelos ornitólogos que estudam a Mata Atlântica. Foi visto pela primeira vez em 1993, quando uma expedição com pesquisadores da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) realizou a primeira coleta de exemplares e gravações do canto da espécie. Na época, os cientistas acreditavam se tratar de um macuquinho-preto comum (espécie do sul e sudeste do Brasil), por ter características semelhantes.

Apenas em 2004 foram iniciados os estudos direcionados a descobrir se seria uma nova espécie. O passarinho se difere do macuquinho-preto comum, entre outras características, pelo ritmo de canto mais forte e com diferentes vocalizações.

New bird species is discovered and is now endangered

The UOL in São Paulo

24/09 / 201406h00

  • Ciro Albano / NE Brazil Birding

23set2014---cientistas-reconheceram-oficialmente-no-ultimo-mes-uma-nova-especie-de-ave-descoberta-na-faixa-da-mata-atlantica-no-litoral-da-bahia-mas-o-macuquinho-preto-baiano-scytalopus-gonzagai-que-1411510816013_300x3.jpg 23set2014---cientistas-reconheceram-oficialmente-no-ultimo-mes-uma-nova-especie-de-ave-descoberta-na-faixa-da-mata-atlantica-no-litoral-da-bahia-mas-o-macuquinho-preto-baiano-scytalopus-gonzagai-que-1411510816013_300x3.jpg

Macuquinho-black-Bahia has 12 cm and 15 g; There are only 3,000 copies in nature

Scientists officially acknowledged last month a new species of bird discovered in the range of the Atlantic Forest on the coast of Bahia. The macuquinho-black-Bahia (Scytalopus gonzagai), measures 12 inches long and weighs about 15 grams. Mal was discovered, however, the researchers announced that he is already threatened with extinction.

According to researchers, it is estimated that there are less than 3,000 specimens in this part of the Atlantic Forest - a figure considered low for birds - so the macuquinho-black-Bahia has entered the list of animals in danger of extinction.

The discovery was recognized in August, being published in the journal The Auk, the journal of the American Ornithologists' Union (Union of American Ornithologists), focused on research and studies of birds.

The bird spent long unnoticed by ornithologists who study the Atlantic. Was first seen in 1993, when an expedition with researchers from UFRJ (Federal University of Rio de Janeiro) held the first gathering specimens and recordings of the song of the species. At the time, scientists believed it is a common macuquinho-black (sort of south and southeast of Brazil), having similar characteristics.

Only in 2004 the studies directed to find out whether it would be a new species were initiated. The bird differs from the common black-macuquinho, among other features, the strongest pace and with different vocalizations corner

Sem comentários:

Enviar um comentário