Loading...

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

ANIMAIS SELVAGENS FORAM REDUZIDOS PELA METADE DESDE 1970, DIZ WWF



Animais selvagens foram reduzidos pela metade desde 1970, diz WWF
Relatório publicado pela ONG informa que as exigências da humanidade são atualmente 50% maiores do que a natureza suporta

Tartarugas estão entre os animais mais afetados, com queda de 80% (Asit Kumar/AFP/VEJA)
As populações mundiais de peixes, pássaros, mamíferos, anfíbios e répteis diminuíram 52% entre 1970 e 2010, muito mais rápido do que se pensava anteriormente, afirmou o Fundo Mundial para a Natureza (WWF, na sigla em inglês) na segunda-feira. O Relatório Planeta Vivo, publicado pela entidade conservacionista a cada dois anos, informou que as exigências da humanidade são atualmente 50% maiores do que a natureza suporta, e a derrubada de árvores, o bombeamento de água do subsolo e a emissão de dióxido de carbono ocorrem mais rápido que a capacidade de recuperação da Terra.

"Este dano não é inevitável, mas uma consequência da maneira que escolhemos para viver", disse Ken Norris, diretor de ciência da Sociedade Zoológica de Londres, em comunicado. Mas ainda há esperança, se políticos e empresários adotarem a ação certa para proteger a natureza, pontuou o relatório. "É essencial aproveitarmos a oportunidade – enquanto podemos – para desenvolver a sustentabilidade e criar um futuro no qual as pessoas possam viver e prosperar em harmonia com a natureza", afirmou o diretor-geral internacional da WWF, Marco Lambertini.

América Latina — A investigação sobre as populações de vertebrados revelou que os maiores declínios aconteceram nas regiões tropicais, especialmente na América Latina. O Índice Planeta Vivo da WWF se baseia em tendências nas 10 380 populações de 3 038 espécies de peixes, pássaros, mamíferos, anfíbios e répteis. A pior queda foi entre populações de espécies de água doce, que diminuíram em 76% ao longo de quatro décadas até 2010, enquanto as cifras de animais marinhos e terrestres sofreram uma queda de 39%.
(Com Agência Reuters)

 WILD ANIMALS WERE REDUCED BY HALF SINCE 1970, SAYS WWF


Wildlife have been halved since 1970, says WWF
Report published by the NGO informs that the requirements of humanity are currently 50% higher than nature supports

Turtles are among the most affected animals, a decline of 80% (Asit Kumar / AFP / SEE)
Global populations of fish, birds, mammals, amphibians and reptiles decreased 52% between 1970 and 2010, much faster than previously thought, said the World Wide Fund for Nature (WWF, its acronym in English) on Monday. The Living Planet Report, published by the conservation authority every two years, said the demands of humanity are currently 50% higher than nature supports, and the felling of trees, the pumping of underground water and the emission of carbon dioxide occur faster than the resilience of the Earth.

"This damage is not inevitable, but a consequence of the way we choose to live," said Ken Norris, director of science at the Zoological Society of London said in a statement. But there is still hope if politicians and businessmen adopt the right action to protect nature, the report pointed out. "It is essential to take advantage of the opportunity - while we can - to develop sustainability and create a future in which people can live and thrive in harmony with nature," said the director general of WWF International, Marco Lambertini.

Latin America - Research on vertebrate populations revealed that the largest declines occurred in tropical regions, especially in Latin America. The WWF Living Planet Index is based on trends in 10 380 populations of 3038 species of fish, birds, mammals, amphibians and reptiles. The worst fall was among populations of freshwater species, which decreased by 76% over four decades until 2010, while the numbers of marine and land animals were down 39%.
(With Reuters)
Posted by Zabdiel at 16:50 No comments:
Send a message via ThisBlogThis! Share to TwitterShare to FacebookShare on Pinterest
Links to this post
reactions:

Sem comentários:

Enviar um comentário