Loading...

quarta-feira, 25 de dezembro de 2013


Cavernas Fabulosas Que Parecem Saídas da Nossa Imaginação

Essas cavernas impressionantes não fazem parte de um mundo de contos de fadas ou algum filme de terror. Elas podem ser encontrados em alguns dos lugares mais remotos do mundo, na Ásia, América do Norte e Europa, e ganharam formas inusitadas e belas principalmente ao interagirem por eras com a água.
Algumas destas cavernas se formam quando a água escoa para baixo através de fendas na rocha calcária. A rocha calcária se dissolve pouco a pouco, formando aberturas.

Durante milhões de anos, essas aberturas, e o calcário deixado pelas gotas de água, podem formar as majestosas grutas que você vê aqui.

Outras cavernas foram formadas ao longo de milhões de anos, sendo gradualmente desgastadas pela água de lagos ou do mar.

Se você está pensando em correr para visitar uma delas, vá com calma. Embora algumas listadas abaixo estejam abertas ao público, como a Phraya Nakhon, na Tailândia, a maioria é aberta apenas para aventureiros radicais que precisam obter os seus passes com antecedência. Como você pode ver nas imagens abaixo, as pessoas que recebem a oportunidade de explorar estas belezas naturais estão munidas de vários equipamentos especiais.

Felizmente para nós, quase todas as expedições para as cavernas também levam junto fotógrafos profissionais. Suas sessões de fotos preciosas nos permitem aprender sobre esses lugares misteriosos da Terra que ainda estão praticamente intocados pela humanidade.
 Caverna de gelo perto do vulcão Mutnovsky, Rússia



Cavernas de gelo como estas formam-se nas geleiras que cercam o vulcão Mutnovsky, na Rússia. Algumas delas são formadas por aberturas que liberam calor e gases chamados fumarolas vulcânicas.

Mina de Naica, México
 

As cavernas de minas de Naica, no México, são o lar de alguns dos maiores cristais já encontrados – as formações impressionantes, dignas do Super-Homem, chegam até 11 metros de comprimento e 4 metros de diâmetro. A Crystal Cave, onde estes cristais estão localizados, está fechada ao público por causa de sua profundidade, calor e outras questões. No entanto, uma abundância de imagens foram tiradas para documentar esta caverna de cristal monumental.

Caverna glacial de Vatnajokull, Islândia



Esta caverna está localizada no glacial Vatnajokull, na Islândia, a maior geleira da Europa. Cavernas como esta se formam devido ao derretimento da água congelada do glacial. Justamente por isso, podem ser bastante perigosas, já que as geleiras estão constantemente quebrando e mudando.

Cavernas Batu, Malásia




As Cavernas Batu, na Malásia, têm sido utilizadas por colonos chineses e ingleses, bem como o povo indígena Temuan. Os excrementos de morcego da caverna eram extraídos para fins agrícolas, porém atualmente o lugar está cheio de estátuas gigantescas. A boa notícia é que esta maravilha é aberta aos visitantes.

 Caverna em Algarve, Portugal

A região do Algarve em Portugal, onde esta caverna está localizada, é propensa a várias formações à beira-mar por causa da solubilidade relativa da rocha na água. Esta caverna específica perto de Lagos é acessível somente via água.

Cavernas Glowworms, Nova Zelândia

 
 



As cavernas Gloworms de Waitomo, na Nova Zelândia, são o lar de um inseto único – o pirilampo Arachnocampa luminosa. Este inseto produz fios brilhantes de seda que descem pelo teto da caverna e brilham para atrair presas inocentes. A soma da gruta escura com os pontos luminosos faz parecer que o local é uma réplica do céu noturno. As cavernas de Waitomo podem ser visitadas na companhia de um guia.

Caverna Kyaut Sae, Myanmar

Muito pouco se sabe sobre esta caverna em Kyaut Sae, em Myanmar, com excepção de que o interior foi equipado como um templo budista.

Cavernas de Mármore, Patagônia

Antelope Canyon, EUA
O Antelope Canyon, no Arizona, foi esculpido por milhares de anos de vento e de inundações relâmpago recorrentes, razão pela qual suas paredes lisas parecem tão suaves e fluídas. Durante a temporada de monções do deserto, inundações perigosas podem ocorrer sem aviso prévio. Estas inundações tomaram as vidas de alguns turistas incautos.


A caverna Phraya Nakhon, na Tailândia, era historicamente um lugar popular para visitas de reis locais por causa da iluminação proporcionada pelos telhados, que desabaram. O pavilhão no centro foi construído para a visita do Rei Chulalongkorn, em 1890.

Caverna Reed Flute, China


A caverna Reed Flute, em Guangxi, na China, tem sido visitada por turistas há pelo menos 1.200 anos. A caverna é o lar de uma variedade espetacular de estalagmites e estalactites. Ela foi batizada “Flauta de Junco” por causa das plantas que crescem em sua boca, que podem ser transformadas em flautas.

Abismo Anhumas



Considerada a maior caverna submersa do mundo, o Abismo Anhumas parece um colossal buraco que fica a 23km de Bonito-MS. É possível acessá-lo através de uma fenda através de 72 metros de descida vertical em rapel. A água é cristalina e muita gente pratica mergulho recreativo no local. Da superfície para baixo há mais 80m de profundidade.






Sem comentários:

Enviar um comentário